segunda-feira, 7 de junho de 2010

III Raide BTT - Albi

Ontem, Domingo realizou-se o III Raide BTT-Albi. A concentração como é habitual foi na Qt. Dr. Beirão às 8H e compareceram: eu João Afonso, Abílio Fidalgo, Agnelo Quelhas, Álvaro Martins, João Caetano, João Fidalgo, José Luís, Luís Antunes, Luís Lourenço, Rui Gonçalves, Pedro Barroca, Pedro Martinho e Vasco Sequeira.

Esperamos por 2 companheiros (Ricardo Cabarrão e Roberto Mendes) até às 8h e 20m, como não deram sinal !!! saímos então em direcção à zona Industrial e Benquerenças, onde o Joaquim Afonso nos aguardava. Daí, seguiu-se a Represa e a 1ª paragem foi na padaria dos Amarelos. Por motivos profissionais, na Carapetosa o Álvaro teve que nos deixar. Daqui, descemos até à praia fluvial de Gaviões, local que aproveitamos para a 1ª foto de grupo. Subimos às Ferrarias Velhas, e depois Novas, Malhadil (aldeia abandonada) Garridas, Joaninho e Sto. André com nova paragem para novo reabastecimento. O Pedro Martinho, aqui segui por asfalto até casa, pois não tinha mais tempo disponível. Seguiu-se a Silveira dos Limões, Fonte Santa ( nova aldeia abandonada ) Vale da Estrada, Fontainhas, Vale de Freixo e Fonte Longa, onde desta vez não parámos. Seguidamente visitámos umas sepulturas Pré-Histórias antes de Vale das Ramadas, e aqui tirámos nova foto de grupo, junto da casa dos avós do Pedro Barroca. Continuando, Sopegal, Cabeça Gorda , Monte Gordo, Vale Chiqueiro e Vale de Água onde voltámos a parar, para novo reabastecimento. Daqui fomos para Carrascal, Pereiros, Barrocas e Lomba Chã, para nova paragem no café do Nuno. Aqui, o Fidalgo (Pai) chamou a assistência e regressou de 4x4. Seguiu-se a Nave de São Domingos e em bom andamento descemos até o rio Ocreza, o qual voltámos a passar pelo meio da água. Começava aqui, a maior dificuldade do dia, mas com calma todos lá chegaram ao café da Taberna Seca, para novo reabastecimento. Antes, o Joaquim Afonso despediu-se do grupo e atalhou para casa, passado pela foz da Líria. Da Taberna Seca até Castelo Branco tivemos carro de apoio, pois o Fidalgo agora de 4x4 fez questão de nos acompanhar. Passámos ainda pelo Ribeiro da Seta, barragem da Talagueira, Zona de Lazer e finalmente Qt. Dr. Beirão onde bebemos mais uns líquidos frescos, acompanhados por uns belos Caracóis.

Mais uma vez e como sempre, fiz o melhor que sei, e posso. Resta-me agradecer aos companheiros de percurso, a companhia, a camaradagem, e o encorajamento que me facultaram durante todo o percurso.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O grupo no local da saída
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!



Passagem por um dos Singles dos Amarelos
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!



Praia fluvial dos Gaviões no rio Ocreza
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!



Foto de Grupo junto ao rio Ocreza
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!



Um dos vários reabastecimentos do dia
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!



Último reabastecimento no café " O Farrum "
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Álbum Fotográfico - III Raide BTT - Albi




Vídeo III Raide BTT - Albi (1ªParte)




Vídeo III Raide BTT - Albi (2ªParte)


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Divirtam-se !
Até à próxima !
João Afonso.

2 comentários:

Abílio disse...

Parabéns pela organização e obrigado por me manteres na lista dos convocados, embora pertença a outro campeonato. Tudo 5 **, impossível superar. Aproveito para agradecer, à tua cara metade e ao rebento, pela simpatia e disponibilidade com que nos serviram aquele belo repasto, algures entre o Monte Gordo e a Lomba Chã à sombra do pinhal. Peço desculpa pelo abandono, mas foi a primeira vez que recorri à assistência em Viagem, dizem que temos direito a três por ano!!!!Ehehehehe. Um abraço. Fidalgo.

Agnelo disse...

Bem... do João Afonso não seria de esperar outra coisa senão alta qualidade. Percurso muito bom (eu gosto, mas olha que no geral a malta não gosta muito de "beredas") com muitos single-tracks, vulgo "veredas" à portuguesa. Lanche à hora de almoço por parte das "senhoras" do mister Afonso (muito obrigado a elas, soube que nem ginjas, já não conseguia comer mais) e um regresso com forte empeno. Pois é, a falta de tempo = falta de treino + excesso de trabalho / cansaço + 86 kms com muuuuuitos singles deu nisto. 1 abraço ao amigo João e já estou ansioso pelo próximo.
AQ