terça-feira, 31 de maio de 2011

*****XII Raide AC - Trilhos e Aventuras*****

Decorreu no passado Domingo o XII Raide AC - Trilhos e Aventuras. Os elementos que participaram foram: António Cabaço (o regente deste Raide), eu João Afonso, João Caetano, Luís Cabaço, Nuno Eusébio, Pedro Barroca, Silvério Correia e Tiago Anselmo.

Por causa dos desvarios do tempo, não fomos para a "Sierra de Gata - Espanha" como estava programado, em alternativa fomos para a nossa Serra das Talhadas.
Na minha perspetiva, não ficamos a perder em nenhum dos sentidos, pois no que toca a beleza dos trilhos, e grandeza dos mesmos, a mesma serra revelou-se encantadora.

Saímos da cidade em direção aos Maxiais com passagem pelo Vale dos Gagos. Daqui até ao Retaxo foi tudo a estrear (para mim) com passagem pelo poço escuro dos Maxiais em que a saída de lá foi bem penosa, e a subida das Olelas por um Single que não conhecia.

Injetamos a dose matinal de cafeína nas bombas das Sarnadas, e daqui seguimos sempre com a A23 como nossa companhia, ora dum lado, ora do outro, até arredores do Alvaiade. Na Associação da Sarnadinha fizemos nova pausa para comer e beber, e ao mesmo tempo atestar os Camelbaks.

Descemos ao rio Ocreza junto à ponte que liga ao Bugios, e daqui foi sempre a subir até meia encosta da serra das Talhadas, com passagem pelo Chão das Servas.
Voltámos ao Alvaiade por uma descida abrupta, onde o ferodo se fez sentir pelo seu cheiro.

Passámos para a encosta sul da serra, pela antiga estrada paralela ao IP2, e logo de seguida iniciámos a subida, agora à serra do Perdigão, mais concretamente ao Aerogerador aí existente. Aqui por alguns minutos absorvemos a magnífica paisagem, e tirámos uma foto de Grupo. A descida ao Vale do Cobão é de cortar a respiração (até rima !) aqui tive um furo, o qual foi prontamente reparado com a aplicação de um taco (Obrigado Tiago).

O local que escolhemos para almoçar, foi a terra do Xisto de Foz do Cobrão. Aqui demoramo-nos longos minutos, comendo e principalmente bebendo, ao mesmo tempo que assistíamos à F1 diretamente do Mónaco.

Em cima da ponte do Ocreza, voltámos a parar para apreciarmos a envolvência, e ao mesmo tempo respirar fundo para enfrentar a maior, e mais difícil subida do dia, até junto do cruzeiro lá bem no cimo da serra das Talhadas. Aqui voltámos a ficar parados por vários minutos para nova foto de Grupo, e ao mesmo tempo registarmos na nossa memória a deslumbrante paisagem.

Seguiu-se nova descida talvez a mais brutal do dia, agora ao longo da vertente sul em direção à Catraia Cimeira, a cerca de três centenas de metros desta aldeia fizemos uma volta de 180º ou seja, pedalávamos agora na vertente norte em direção ao Carregal.

Foi aqui nesta bonita meia encosta que dei por falta da máquina fotográfica ! avisei o Grupo, e voltei atrás sozinho !!! (Hum...) e pensei " se não te achar acabo com o Blogue" azar ! mais um pouco e dou com os olhos nela debaixo de uma moita à beira do estradão.
Continuámos ora descendo ora subindo até que chegámos ao lugar de Ponte do Alvito onde fizemos um lanche à base de latas de Atum, acompanhadas com bebida fresca e café.

Até Castelo Branco ainda foram mais 40 Km, com subidas e descidas para todos os gostos, e as localidades que passámos foram: Sopegal, Vale das Ovelhas, Stº André, Boselha, Lomba Chã, Teixugueiras, Calvos e Benquerenças, entrámos na cidade pela barragem da Talagueira, junto ao Jumbo.

Despedi-me do grupo na Qtª da Granja onde eles fizeram a sossega, e eu segui para casa consciente que acabara de realizar mais um Raide do melhor que se pode pedir.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Estradão à saida da cidade pelo bairro do Valongo

Depois do monte de Vale dos Gagos

Passagem pela localidade de Maxiais

Descendo ao longo do caminho até ao local do poço escuro

Apesar das nuvens negras não choveu em todo o dia

Subida às Olelas em Single a estrear

Junto à A23 depois de Sarnadas de Ródão

Estradão a caminho da Sarnadinha

Estradão a caminho da ponte do Porto Largo no Ocreza

Subida à serra das Talhadas depois do Chão das Servas

Ao longo da meia encosta novamente em direção ao Alvaiade

Início da subida da serra do Perdigão

Peripécias e muita alegria durante todo o percurso

Estradão a caminho do Aerogerador do Perdigão

Foto de Grupo no topo da serra do Perdigão

Alucinante descida em direção ao Vale de Cobrão

Reabastecimento de Camelbaks depois da aldeia de Sobral Fernando

Ao longo da maior e mais difícil subida do dia

Chegada ao topo da serra das Talhadas

Foto de Grupo no mesmo local

Junto ao Cruzeiro, para mais tarde recordar

Estradão pouco cuidado nos arredores do Casalinho

Ponte do Alvito, fronteira dos concelhos de Castelo Branco e Proença-a-Nova

Lanche reconfortante na tasca da Ponte do Alvito

Passagem pela singela aldeia de Vale das Ovelhas

Estradão abandonado depois da aldeia de Boselha

Passagem do rio Ocreza ao fundo dos Calvos

Estradão a caminho do Monte de Baixo

Pequeno charco junto à zona Industrial de Castelo Branco

Passadiço do lago artificial na nova área de lazer

Chegada ao bairro novo da Quinta da Granja

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Slide Show ***** XII Raide AC - Trilhos e Aventuras *****

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Para terminar, agradeço aos Amigos deste passeio a companhia, a camaradagem, a gentileza, e o encorajamento que me facultaram, durante toda este fantástico dia de BTT.

Relato do AC

Relato do Tiago

Divirtam-se !
Até à próxima !
João Afonso.

6 comentários:

OFF ROAD BIKERS disse...

Este passeio parece que tem o que há de melhor no BTT. Belas paisagens, trilhos legais e bons amigos. Vejo que vocês são movidos a café! Sempre antes dos passeios uma passadinha para um cafe. Hehehehe lindas as fotos

ogait disse...

Olá João,
belo relato como habitual.
Lá estaremos para o próximo.
Relato do bttoledo em http://bttoledo.forumotion.com/t436-xii-raid-ac-serra-do-perdigao-e-talhadas#3016

Abraço,

Tiago

GINETAS BIKERS. disse...

sin duda una gran aventura que tiene de todo.paisajes,montañas,pueblos ,rios,hasta esa cruz que si me ha encantado.seguro que esta bien altoooooooooo...!!!!

JValente disse...

Uffff... ainda bem que encontraste a máquina! Seria uma pena perdermos este e os fututros relatos de excelentes aventuras!

Estás em (grande) forma João Afonso!

PS: Boa escolha no equipamento (BTT@CasteloBranco) que levaste!

Abraço
João Valente

Michel Schanuel Girardi disse...

Que sorte que encontrou a câmara fotográfica e nos presenteou com essas belas fotos! E não pense em acabar com o blog! :(

Abração!

Silvério disse...

João, ficas proíbido de acabar com o blogue.
Máquinas há muitas, blogues "bike rider friendly", muito poucos.

A seguir o meu comentário para a nossa ultima voltita:

Hoje finalmente tive oportunidade de rever a ultima voltita de BTT em que participei, através deste post e também by memory.

Há uma musica brutal de um grupo de rock ainda mais brutal, que diz:
I CAN'T GET NO SATISFACTION

Puro engano:
WE CAN GET SATISFACTION and we do it once, twice, and so on!
E é muito simples, fácil. É só praticar a politica do 4P's e ter os valores certos nestas "missões".
Ora foi exactamente o que fizeram "the 8 MAGNIFICIENT KNIGHTS of this CRUSADE". Parabéns a todos pelo excelente desempenho.
Por fim, mas não menos importante, um Muito Obrigado ao António pelo ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO, e muitos parabéns pela GLÓRIA alcançada.
Assim dá gozo! Venha a próxima!
Um abraço para todos
Silvério