sábado, 29 de setembro de 2012

Água Alentejana

Hoje de tarde, fui dar uma Voltinha a solo, com a minha fininha até ao Alentejo. O objetivo era esse mesmo, ir ao Alentejo, encher o cantil, e voltar para casa.
Saí da cidade poucos minutos faltavam para as 16h, e num instante cheguei a Vila Velha de Ródão pela N18 via Coxerro. O vento pelas costas, e o percurso quase sempre em descida, foram motivos óbvios para tão rápida deslocação. Passei a ponte para o (Alem Tejo) parando logo de seguida no fontanário ali existente, para atestar o cantil, comer qualquer coisa, tirar n fotos, para pouco tempo depois dar início ao regresso a casa. Este seria bem mais demorado, pois passei pelo Gavião de Ródão e Tavila, sendo agora o percurso a subir, e com vento bem moderado de frente, o que é sempre desagradável. Como só levei um cantil, tive que ir ao fontanário do Alvaiade atestar novamente. Até Castelo Branco o percurso foi pelo IP2. Cheguei a casa eram 18h 30m, e tinha feito 73 Kms.
--------------------------------------------------------------------------------------
Fontanário no Alentejo ! à saída da ponte de Vila Velha de Ródão
Sempre que passo por aqui tenho que bater uma chapa !
 Monumento em honra dos antigos combatentes em Vila Velha de Ródão
 Antenas do Penedo Gordo, ainda pensei lá subir, mas fazia-se tarde !
 Largo do Chafariz junto ao Fontanário do Alvaiade
 Não passem a Rotunda pela esqueda !!! aqui é Portugal não é Inglaterra
 Pombal top de gama !
--------------------------------------------------------------------------------------
Divirtam-se
Até à próxima
João Afonso.

1 comentário:

Silverio Correia disse...

Grande ciclista, qualquer "buraquinho" na agenda é logo tapado com um treino. É assim mesmo. Parabéns!
Um abraço
Silvério